Performance de Websites: o caso Londres 2012

Pensar no desempenho do site e na experiência que o usuário terá quando acessá-lo é essencial desde o momento do desenvolvimento. A Compuware Corporation percebeu isso ao testar o site oficial dos Jogos Olímpicos de Londres e outros websites chave durante as Olimpíadas 2012.

Teste de performance de sites

O site oficial já demonstrava lentidão antes mesmo de os Jogos começarem e a sua performance apenas piorou: a média do tempo de carregamento durante todo o período de testes foi de dez segundos. Dos 2.000 testes feitos, quase 30% apresentou carregamento que ultrapassou o tempo de dez segundos, sendo que quase 7% dos testes excederam vinte segundos, algumas vezes atingindo a marca de 40s.

Com a experiência do usuário bastante prejudicada, fica claro que o site oficial das Olimpíadas de Londres não foi desenvolvido com foco em performance.

Performance como foco do desenvolvimento

O contrário pôde ser visto com um dos outros sites testados pela Compuware: Transport for London. Como o website foi criado pensando na sua performance, ele suportou bem todo o período, o que já era esperado. E, mais do que isso, o site de transportes foi o que levou a medalha de ouro no quesito tempo de carregamento: a sua média foi de 2,9 segundos.

Para um dos diretores da Compuware, Michael Allen, “esse é um claro exemplo de por que quando você está desenvolvendo um site, ou qualquer aplicativo, você precisa pensar na sua performance em cada etapa”.

About admin