Por que fazer seus testes com crowdtesting?

Desenvolver um aplicativo para smartphones e tablets ou um software para a web e desktop é uma tarefa que requer uma série de cuidados especiais. Mesmo com uma ampla equipe de desenvolvedores qualificados, é muito comum o aparecimento de problemas durante a efetiva execução do produto — os chamados bugs. Para evitar quaisquer tipos de contratempos, uma prática muito utilizada atualmente é a realização de testes diretamente com os usuários, para detectar e sanar possíveis falhas.

Muitas vezes, porém, as empresas não têm à disposição o capital necessário para a contratação desses testes, já que o processo envolve mão de obra especializada para garantir a segurança desses aplicativos ou softwares. É por esse motivo que muitos têm recorrido ao crowdtesting, serviço que usa o poder das multidões para avaliar a qualidade dos produtos na área de tecnologia. Basicamente, o processo permite que as empresas tenham seus softwares testados, de forma remota, por usuários reais.

E aí, ficou curioso? Então confira agora as principais vantagens desse novo modelo de testes:

Reduzindo e controlando custos

Não há dúvidas de que o crowdtesting é uma das formas mais baratas de examinar a qualidade do seu produto. Não é preciso, por exemplo, contar com uma ampla estrutura interna de hardwares e softwares, uma vez que os testes serão realizados nas plataformas dos próprios usuários, remotamente. Além disso, o sistema é baseado na produtividade, ou seja, os testadores só são remunerados se conseguem reportar algum bug real no produto. É por esse motivo que se consegue obter, com esse tipo de avaliação, a melhor taxa de retorno possível.

Ampliando a cobertura de testes

O fato de os testes serem realizados nas plataformas dos próprios usuários permite à empresa avaliar o seu produto nas mais variadas configurações, o que dificilmente seria feito nos exames realizados internamente. Dessa forma, fica mais fácil descobrir quais são os dispositivos que ainda se encontram vulneráveis e corrigir erros pontuais.

Lidando com os usuários reais

Um dos grandes benefícios do crowdtesting vem pela relação de colaboração dos usuários reais com a empresa desenvolvedora. Ambas as partes saem ganhando durante o processo: o usuário, por um lado, que será estimulado a procurar por bugs em troca de retorno financeiro, e a empresa, por outro, que será reportada sobre esses erros e receberá sugestões de melhoria. Além disso, ao contar com o suporte de indivíduos não especializados em TI, é possível ter acesso a uma visão mais humanizada do produto, uma vez que a opinião do público costuma ser extremamente rica em detalhes que, muitas vezes, passam despercebidos por experts.

Aumentando a velocidade dos testes

É preciso destacar que essa é uma forma de otimizar os testes, principalmente no quesito velocidade. Uma vez que o fornecedor desse serviço já possui uma larga base de usuários cadastrados, é possível escalar rapidamente a quantidade desejada de testadores, agilizando muito o processo.

E você, já utiliza o serviço de crowdtesting? Ficou ainda com alguma dúvida ou tem uma sugestão? Deixe aqui seu comentário e participe da conversa!

About Mariana Martini