Você conhece a diferença entre os APIs e Web Services?

API (Application Programming Interface)

Muitas dúvidas surgem com as implementações realizadas no universo TI. Há uma grande quantidade de ferramentas para dinamizar processos e operações. Entre elas, é válido ressaltar as APIs e Web Services, que se tornaram bastante úteis, sobretudo com a implementação da nuvem.

Para ajudar na escolha, elaboramos esse pequeno artigo com a diferença entre APIs e Web Services.

API (Application Programming Interface)

“Application Programming Interface” traduzido para o português “Interface de Programação de Aplicativos” é como uma interface com conjunto de rotinas e padrões de programação que dá acesso a programas diferentes, assim eles podem se comunicar entre si. As APIs são desenvolvidas para que outros criadores possam desenvolver produtos associados ao seu serviço.

Dessa forma, terceiros disponibilizam uma interface e seus consumidores ou parceiros podem interagir sem a necessidade de implementação. Geralmente, as APIs podem usar qualquer meio de comunicação para interagir entre as aplicações, desde que seus códigos e instruções estejam disponíveis.

Um exemplo é o Google Maps cujo código original é usado por muitos outros sites e aplicações que usam suas informações. Quando um usuário acessa a página de uma pousada em que há a aplicação do mapa para saber a localização do estabelecimento, ele passa por uma API com o código do Google Maps.

Web Services

A Web Services é uma interface desenvolvida para se comunicar pela rede. Em linhas gerais, é uma API conduzida pela rede, que permite integrar sistemas e aplicações diferentes, facilitando a compatibilidade entre elas. Para isso, as Web Services traduzem as “linguagens” das aplicações para uma linguagem universal, um formato intermediário a exemplo de XML, Json, CSV, entre outras.

Nesse cenário, qualquer comunicação entre os sistemas passa a ser mais dinâmica e segura, uma vez que não há intervenção humana. Com as ferramentas de Web Service, uma aplicação pode se comunicar com outra para realizar tarefas simples ou complexas mesmo que as duas apresentem códigos diferentes. Identificados por um URI (Uniform Resource Identifier), os Web Services são desenvolvidos usando XML (Extensible Markup Language).

A comunicação acontece com objetivo de facilitar a EAI (Enterprise Application Integration) que diz respeito à integração das aplicações de um sistema, ou seja, compatibilidade entre a informação que circula internamente como, por exemplo, a relação entre seus clientes os fornecedores.

Quando uma API necessita enviar dados pela rede, está usando uma Web Services. Elas são essenciais por ter uma linguagem baseada em tecnologias, como XML e HTTP (Hypertext Transfer Protocol).

Resumo das diferenças

Basicamente, as diferenças entre API e Web Services são:

  • Todos os Web Services são API, mas não são todas as APIs que podem ser consideradas Web Service.
  • Um Web Service sempre vai necessitar do acesso a uma rede para o seu funcionamento enquanto uma API nem sempre vai precisar.
  • Web Services podem não realizar todas as tarefas que uma API geralmente executa (ou pode executar).
  • Uma Web Service utiliza três estilos de comunicação: SOAP, REST e XML-RPC, em contrapartida, a API pode ser desenvolvida em qualquer estilo de comunicação.

Em linhas gerais, uma API é desenvolvida para facilitar a interface direta com uma aplicação, enquanto que um Web Service é uma aplicação propriamente dita. Ambas são importantes para o cotidiano das corporações e criadas para estreitar processos e operações. Ambas demandam planejamento e testes.

Resolvemos a sua dúvida ou quer saber mais a respeito dos testes de software? Continue acessando a página e não deixe de saber mais sobre a solução da automação de testes da Base2.

About Contentools