Por que o Selenium é o padrão de automação de testes nos dias de hoje?

O sucesso de uma estratégia de automação vai além da habilidade de se criar um bom planejamento, ter uma equipe capacitada e o uso de boas praticas. Utilizar ferramentas especializadas já é uma realidade que faz parte das metodologias aplicadas na busca pela qualidade de software, e se tornaram essenciais ao mercado.

Criadas com o objetivo de acelerar e melhorar a capacidade dos processos aplicados ao desenvolvimento e testes de software, as ferramentas de automação, proprietárias e iniciativas Open Source, têm contribuído na capacidade de conclusão e manutenção de projetos bem sucedidos.

Com um grande destaque no mercado, a ferramenta Selenium se tornou padrão em automação de testes, sendo utilizada por um grande numero de profissionais de tecnologia.

test-Automation_Bug_Magnifying-glass

Gratuita para uso comercial

Selenium permite o uso de técnicas avançadas de testes, com o uso de uma rica API de integração de componentes e tecnologias. Ele foi desenvolvido como um projeto Open Source e possui propriedades comum a esse tipo de iniciativa:

  • Código fonte aberto, permitindo constante desenvolvimento e atualizações
  • Comunidade ativa e colaborativa, contribuindo para o crescimento e divulgação do projeto
  • O surgimento de um ecossistema de ferramentas, serviços, suporte e treinamento servindo de apoio a desenvolvedores e testadores
  • Integração com os principais ambientes de desenvolvimento (IDEs), e linguagens de programação utilizadas no mercado

Principais características e importância do Selenium

Por ser uma iniciativa Open Source, isso permitiu que novos projetos relacionados ao framework do Selenium fossem criados, surgindo serviços na nuvem como Sauce Labs e TestDroid, e novas ferramentas como Robotium e Appium, voltado para aplicações mobile, expandindo ainda mais as possibilidades de uso do Selenium.

Como ferramenta de automação de testes de software, o Selenium também apresenta funcionalidades de destaque que permite enfrentar grandes concorrentes do mercado, sendo elas na maioria proprietárias. Vejamos um resumo das principais características:

  • Ferramenta de automação voltada para aplicações Web
  • Multiplataforma, para sistemas operacionais como Windows, Linux, Android e IOS
  • Suporte a diferentes Web Browsers como Google Chrome, Firefox e Internet Explorer
  • Flexível e escalável
  • Permite execuções em paralelo e de forma remota
  • Integração com diferentes APIs e plug-ins

O Selenium ainda tem em sua linha principal de desenvolvimento quatro principais projetos: Selenium Webdriver, Selenium Grid, Selenium IDE e Selenium Remote Control, cada um com características especificas que aumentam as possibilidades dos testes voltados às aplicações web.

Oportunidades de mercado

Pela sua facilidade de acesso por empresas e profissionais de tecnologia, Selenium se tornou uma grande oportunidade para se desenvolver iniciativas para automação e testes de performance nas plataformas web e mobile, muito comum atualmente nos projetos de software.

Selenium também oferece possibilidades aos profissionais de tecnologia que desejam se desenvolver nessa área, com uso de treinamentos e documentação oferecidos pela comunidade. Além disso, devido ao seu crescimento e importância, a ferramenta Selenium possui importantes patrocinadores que garantem a continuidade de seu desenvolvimento e sua característica de ser código fonte aberto.

Não é à toa que Selenium é considerada a melhor ferramenta de automação do mercado e se tornou padrão em testes, como ocorre, por exemplo, nos testes realizados pela Base 2.

Quer saber mais sobre Selenium e testes de software? Acompanhe o blog do Base2 e acompanhe nossos artigos.

About Contentools